Na euforia de comprar “aquela” câmara digital por vezes investimos mais do que o necessário. O resultado? Uma câmara recheada de opções que não usamos. Tiramos centenas de fotos mas utilizamos o modo automático porque achamos que “a câmara vai fazer o trabalho todo”.

Bom, o ISO (sigla de International Standards Organization), mede sensibilidade do sensor (fotografia digital) ou do filme (fotografia analógica) à luz.

É tão simples quanto isto: quanto mais sensível (ISO maior) o sensor ou filme, mais o mecanismo da câmara se esforça para captar informações num cenário; por isso aumentamos o ISO em ambientes mais escuros, porque a câmara precisa de uma força extra para “fotografar” melhor! Quanto menor a sensibilidade (ISO menor), mais iluminação é necessária no cenário.

MAIS ISO para AMBIENTES ESCUROS | MENOS ISO para MAIS ILUMINAÇÃO

As configurações do ISO variam entre  24 a 6400 (ou superior), e estes números têm uma relação directa com a sensibilidade do dispositivo, portanto, uma configuração mais baixa torna menos sensível e uma configuração alta resulta no inverso!

Como encontrar o valor ideal 

Primeiro de tudo, anote o seguinte, um ISO alto traduz-se numa foto com aspecto “granulado”, portanto vai querer sempre utilizar o valor de ISO mais baixo possível para as suas fotos.

Para perceber melhor do que estamos a falar, observe só a imagem seguinte:

iso

Como observou, um ISO mais baixo geralmente traduz-se em imagens com cores mais precisas e esteticamente agradáveis​​, mas há situações em que um ISO maior é desejável.

A configuração do ISO adequado depende do nível de iluminação do cenário que está a fotografar e do efeito visual que pretende, assim, em vez de depender de uma regra mais abrangente, consulte esta lista de dicas:

  • Se o alvo se estiver a mover e você estiver a tentar congelar o movimento irá precisar provavelmente, de uma configuração ISO mais alta.
  • Caso esteja a apontar para uma foto estilo “vintage”, e quiser adicionar um pouco de grãos nas suas fotos, não hesite em utilizar um ISO mais alto.
  • Caso esteja a fotografar com luz artificial (ou seja, a utilizar um flash) normalmente uma configuração ISO mais baixa é o mais adequado.

Esperamos que este post vos tenha sido útil e não se esqueçam: explorem as potencialidades do vosso equipamento!